quarta-feira, 11 de março de 2015

Estúdio Lisa Lima resgata origens da dança do ventre com o espetáculo Templo das Sacerdotisas


         O Estúdio Lisa Lima de Dança do Ventre, em parceria com a Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, realiza no domingo (12 de abril), às 20 horas, no Teatro Aracy Balabanian do Centro Cultural José Octávio Guizzo, o espetáculo “Templo das Sacerdotisas”. A duração aproximada é de 120 minutos e a classificação é livre. 

          O espetáculo convida a um retorno às origens da dança do ventre. No antigo Egito, somente as sacerdotisas do templo praticavam esta dança em um ritual sagrado, vetado aos olhos públicos. As sacerdotisas eram consideradas mulheres sagradas que dedicavam sua vida ao cumprimento de uma missão divina.  

       Primitivamente, o conceito de Deus era feminino, associado a uma Grande Mãe. A veneração a divindades femininas era parte integrante das tradições sagradas mais antigas. Nos rituais eram realizadas danças que simbolizavam a origem da vida, por meio de movimentos ondulatórios rítmicos no ventre. 

       A bailarina Lisa Lima explica que a dança era um instrumental de meditação ativa e harmonização com o ritmo cósmico. “Tinha a intenção de despertar a visão interior, retornando do exterior para o seu interior, buscando o seu centro, estabelecendo o contato com a sua essência. E é justamente este caráter sagrado da dança que o espetáculo ‘Templo das Sacerdotisas’ pretende resgatar”. 

          O espetáculo tem participação especial da bailarina Safyra Maia, de Campo Grande. Safyra é bailarina há mais de 20 anos, realiza shows na Casa de Chá Khan el Khalili, em São Paulo, já dançou no Egito e na Suécia. O bailarino Faruk Jawad, de Campo Grande, também terá participação no espetáculo com a dança masculina árabe. A direção e coreografia são de Lisa Lima, iluminação e sonoplastia de Petre Mandaji, cenografia de Nilsa Leite, pesquisa e assessoria de comunicação de Karina Lima. 

          A Companhia de Dança Lisa Lima foi fundada em 2003 pela professora, coreógrafa e terapeuta ocupacional Lisa Lima, que trabalha a dança do ventre de forma terapêutica utilizando também técnicas teatrais. A Cia. iniciou suas produções atuando em diversas peças teatrais com o Grupo “Tramas, Dramas & Aplausos” e já fez apresentações performáticas em locais alternativos, festas, eventos e casas noturnas de Campo Grande.

           Lisa Lima ministrou aulas de dança do ventre na Secretaria Estadual de Receita e Controle e participou da organização de eventos culturais pela Secretaria de Estado do Trabalho e Assistência Social. Atualmente dá aulas em seu próprio estúdio, na academia Nativa e no projeto social Tocando em Frente. 

          Apresentou-se em eventos no Centro de Convenções e na Anhaguera-Uniderp, além da criação dos espetáculos da Companhia: “Dançando entre amigos” no Sesc Horto, “Maktub”, no auditório do Crea-MS e “Mistérios Femininos”, “O Segredo do Egito”, “Ventre do Brasil”, “Cleópatra – A magia da sedução”, “Deusa Afrodite”, “Chakra do Coração”, “Arabesque Brasil”, “Luz do Ventre” e “Sentidos” no Teatro Aracy Balabanian. 

            Serviço  

          Os ingressos custam R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia). A meia-entrada é valida para estudantes, professores, doadores de sangue e idosos (acima de 60 anos), com a apresentação de seu respectivo comprovante. Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do teatro, uma hora antes do início do espetáculo. Ingressos antecipados à venda no Estúdio Lisa Lima, que fica na rua Pavuna, 27, sala 1, Itanhangá Park. 

          Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 3326-5897 ou no Centro Cultural José Octávio Guizzo, que fica localizado na rua 26 de Agosto, 453, entre a Calógeras e a 14 de Julho.

Contatos para imprensa:


Lisa Lima: (67) 9244-8307

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Studio Lisa Lima agradece seu comentário!